O ateu, o crente e o bicho-papão