“DÊ AOS GAYS O QUE É DOS GAYS E A DEUS O QUE É DE DEUS…”