Elton John diz que Jesus era um “gay superinteligente”

“O cantor britânico Elton John, 62, deu uma entrevista a revista norte-americana “Parade” na qual declarou que Jesus era gay.

“Acho que Jesus tinha muita compaixão, era um homem gay superinteligente, que entendeu os problemas da humanidade”, disse.
“Jesus queria que nós amássemos e perdoássemos. Não sei o que faz as pessoas serem tão cruéis. Tente ser uma lésbica no Oriente Médio –é melhor estar morto.”

Folha Online   –    19/02/2010 – 07:52
Para os gays, Jesus era gay.
Para os gays superinteligentes, Jesus era um gay superinteligente.
Para os ufologistas, Jesus era um extra-terrestre.
Para os socialistas, Jesus era comunista.
Para os hippies, Jesus era hippie.
Para os políticos, Jesus era um forte candidato.
Para os místicos, Jesus passou parte de sua vida na Índia.
Para os religiosos, Jesus não era gente, mas um dogma.
Para os filósofos, Jesus era uma mente brilhante.
Para os terapeutas, Jesus era um perturbado, pois não sabia quem era o seu pai.
Para os moralistas, Jesus tem de ser reinterpretado para caber em suas rígidas doutrinas.
Para os imorais, Jesus era amante de Maria Madalena.
Para os historiadores, Jesus é um mito.
Para os ateus, Jesus não existiu.
Daqui algumas décadas os andróides dirão que Jesus era um super-andróide do futuro que viajou no tempo… Hahahahaha!!!
Para que eu me parecer com Jesus? Melhor que ele se pareça comigo e com minhas crenças!
(Assim, passados dois mil anos de sua peregrinação em Israel, Jesus continua sendo o foco do debate existencial.)
Contudo, poucos ousam reproduzir o discurso dele mesmo, dizendo que ele é o que ele disse ser:
O FILHO DE DEUS ENCARNADO!
Existia uma preocupação de Jesus em saber o que as pessoas diziam ser ele. Algumas vezes ele chegou a perguntar aos seus seguidores: “Quem dizem que eu sou?”

Outras vezes ele pergunta ao próprios apóstolos: “E vocês? Quem vocês dizem que eu sou?”
Ele queria saber o que pensavam sobre ele e assim ele mesmo responde:

“Eu e o Pai somos um… Quem vê a mim vê o Pai!… Quem faz a minha vontade, faz a vontade de quem me enviou”

“Vós sois de baixo, eu sou de cima; vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo.”
Nos quatro Evangelhos, são quase 100 as vezes em que o próprio Jesus aparece afirmando ser ele algo. Entre as muitas afirmações e especulações das pessoas sobre quem era Jesus, eu prefiro crer nas definições por ele mesmo criadas.
Paro por aqui, pois este papo vai loooonge…..
————————-
Um filme muito bem-humorado que trata sobre vida após a morte.

012 comments

writer

The author didnt add any Information to his profile yet

Leave a Reply