Sem categoria,

É POR MEDO OU POR GANÂNCIA?

O ser humano é movido por suas emoções e por seus valores, sendo bem fácil destacar um exemplar preciso de cada. Um valor que tem mobilizado a humanidade desde o Éden é a ganância, e um sentimento que provoca a tomada de decisões categóricas desde nossos ancestrais é o medo. Tenho observado no ambiente da bolsa de valores que muitos investidores compram ou vendem ações precipitadamente ou baseados no medo de perder dinheiro ou ancorados na ganância, a esperança do lucro fácil. Claro que existem as pessoas que não estão obcecadas pela ganância e nem dominadas pelo medo, apesar de possuírem tanto este valor quanto aquele sentimento, mesmo que controlados. Investidores equilibrados (que controlam medo e ganância) são os de maior resistência e que alcançarão melhores lucros no longo prazo.

Todavia, não apenas no mundo dos investimentos observamos o medo e a ganância insuflando as decisões humanas. O medo e a ganância são também armas poderosas no meio religioso. Existe um grande grupo de religiosos que participam das missas muito mais por medo da danação no inferno do que por amor ao deus que dizem servir. De boca dizem amar o divino, porém são aplicados às cerimônias religiosas movidos sobretudo pelo medo do deus ser mal, e os castigar com danação eterna. Há ainda outros que, movidos por ganância, participam dos “cultos de prosperidade”, devolvem um dízimo, fazem jejuns e sacrifícios, tudo na esperança de moverem o sagrado em direção às necessidades materiais deles. Supõem estes que a bênção está à venda, que poderão “comprar” dos céus uma previdência privada, no lugar de uma providência eterna.

Vivemos um período pandêmico em que a enfermidade rondou as vidas e o medo esteve assíduo em muitos lares. Alguns até conspiram que uma quarta dose seria fruto da ganância dos laboratórios… Contudo, uma vez exorcizado o medo da Covid-19, um novo fantasma assombra a economia global, e este atende pela alcunha de Putin-22. Alguns até argumentam que a anexação da Ucrânia é fruto da ganância Russa. Entre fatos velados e verdades construídas, a humanidade segue refém do medo e da ganância.

Onde devo investir em 2022? Se for investimento financeiro, o melhor é buscar os conselhos de um bom e imparcial assessor de investimento. Porém se estamos falando de investimento de energia vital, posso ser útil para dizer onde NÃO INVESTIR: não invista no medo da vida! A vida é maravilhosa quando não se tem medo dela. O espírito que Deus nos deu não é de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio. Aliás, um bom lugar para investir-se é no amor, pois no amor não existe medo… Nem ganância!

0

writer

The author didnt add any Information to his profile yet

AllEscort